Paulo Duarte Filipe

Paulo Duarte Filipe nasceu em Oliveira do Bairro, distrito de Aveiro, Portugal, mas foi em Luanda, Angola onde cresceu até aos 12 anos, que cedo demonstrou aptidão invulgar para a arte. Aos 11 anos recebeu o seu primeiro prémio de pintura. O desenho, a escrita e a gravura em madeira eram as outras disciplinas artísticas onde Paulo criava universos criativos, ricos em personagens imaginários e cheios de cores fortes e formas incomuns. Depois do regresso a Portugal, a sua infinita criatividade levou-o a experimentar o retrato e a poesia. Aos 18 anos, concluiu “Estudo tridimensional do Ser” onde consta o poema premiado “Cantiga do Amor louco”.

Foi realizando exposições individuais, coletivas e grupo em Portugal em várias galerias de diversos países, nomeadamente, País de Gales, Inglaterra, Estados Unidos da América, Brasil etc.

Por essa altura, era a cerâmica Raku e as instalações que ocupavam a sua prodigiosa imaginação.

Depois, foram as performances e, nos últimos  anos Paulo tem se dedicado ao cinema, tendo a sua mais recente curta metragem “Filipe” sido exibida no Festival de Cannes, edição 2014, na categoria Short Film Corner, sendo o primeiro realizador residente no Algarve a ser selecionado para este festival.

Paulo é membro efetivo da National Acrylic Painters Association, UK e da Artnations, Alemanha, sendo membro fundador e presidente da Peace and Art Society-PAS.

Personal Information

Nationality:

Portuguese

Contacts

email ppaulodfilipe@hotmail.com

Works

  • Installation